Maneiras de diminuir o pó da sua casa

Postado por:Admin - 20/05/2019 05:55 -

De fato, não é possível evitar completamente que a poeira se acumule em casa, mas algumas estratégias podem ser usadas para minimizar a quantidade de pó. A seguir conheça quais são os problemas do excesso de pó e como evitá-lo.

 

Quais os riscos do excesso de pó em casa?

O excesso de pó em casa é responsável por diversos problemas, desde questões de saúde sérias como também relacionados ao bem-estar no ambiente, visto que uma casa com poeira é desconfortável e desagradável.

Apesar da questão da sujeira ocasionar esse desconforto, atualmente, os problemas de saúde são as ocorrências mais graves de uma casa com muita poeira e é impossível evitá-la completamente, seja em apartamentos ou casas.

Entre as ocorrências mais comuns e graves dessa condição estão as doenças respiratórias como asma, bronquite e rinite alérgica. Conheça mais sobre elas a seguir:

  • asma: consiste em uma inflamação dos brônquios podendo ser disparada por agentes irritantes, sendo que a poeira doméstica afeta a maior parte dos asmáticos, podendo gerar crises que causam chiado no peito, tosse e falta de ar;
  • bronquite: é uma doença provocada pela inflamação das vias que levam o ar aos pulmões. A versão crônica da doença é um tipo de DPOC (doença pulmonar obstrutiva crônica) que pode desenvolver-se por causa da inalação de gases tóxicos, poluição e poeira;
  • rinite alérgica: é uma reação imunológica do organismo quando considera estranhas as partículas que foram inaladas provocando espirros, coceira no nariz, obstrução nasal e coriza. A poeira doméstica é a principal responsável pela rinite que também é provocada pelo pólen e alguns alimentos.

Não à toa a poeira doméstica está tão relacionada com problemas de saúde, pois ela é composta por fungos, ácaros, bactérias, restos de pelos de animais e descamação da pele humana.

Dessa forma, os cuidados com a limpeza da casa são muito importantes para manutenção da qualidade de vida e saúde dos moradores.

 

Como diminuir o pó de casa?

Dados os graves problemas de saúde relacionados com a poeira doméstica é importante conhecer alternativas que permitem minimizar essa ocorrência, ainda que não seja possível evitá-la completamente. Confira 5 dicas de como diminuir o pó de casa!

 

1. Descarte o que não for usar

Um dos hábitos mais relacionados com a poeira é o da acumulação desenfreada. De fato, acumuladores em geral possuem casas com mais pó, pois o excesso de objetos, mesmo os pouco ou raramente usados, faz com que se torne mais difícil limpar esses ambientes.

Assim, a primeira dica para manter a casa limpa é criar o hábito de descartar corretamente tudo o que não for usar. Podem ser consideradas roupas, calçados, acessórios, livros, aparelhos velhos e objetos em geral.

Dessa forma, garante-se mais consciência ambiental, manter a casa mais limpa e facilita a faxina.

 

2. Limpe todos os detalhes

Uma limpeza básica pode até ser realizada com mais frequência, mantendo o ambiente aparentemente limpo, mas o problema do pó está justamente nos detalhes que não são vistos com frequência.

Entre os exemplos dos detalhes que devem ser limpos durante a faxina periódica estão as persianas, cortinas, luminárias, tapetes, livros, estantes, ventiladores etc.

Todos os itens da casa devem passar por uma faxina de vez em quando e tirar o pó desses objetos é fundamental para manter o ambiente realmente limpo. No caso de móveis, por exemplo, é possível usar lustra-móveis com repelente de poeira, retardando o acúmulo de pó no local.

 

3. Não traga sujeira para casa

O principal fator que faz com que a casa ou mesmo apartamento fique com poeira é o movimento de fora para dentro. Ao entrar e sair de casa sempre carregamos a sujeira onde vamos, seja da própria pele, roupa, cabelos ou calçados.

Assim, uma alternativa é não usar sapatos dentro de casa, deixando-os na porta. Ainda que a circulação do ar seja importante, não é necessário deixar a casa sempre aberta, pois esse costume também influencia na quantidade de pó que entra.

 

4. Cuidado com os tecidos

Os tecidos em geral soltam fibras no ambiente que contribuem para o acúmulo de pó, dessa forma, é importante lavar com frequência os tecidos, como lençóis, toalhas, bichos de pelúcia e cortinas.

Caso um morador tenha rinite alérgica, por exemplo, é desaconselhado o uso de cortinas ou tapetes, pois estes objetos acumulam fibras e poeira mesmo quando lavados com frequência.

 

5. Use um purificador de ar

O purificador de ar é um aliado importante para garantir que o ambiente não acumule muita poeira. Além de contribuir para tirar o pó, algumas tecnologias ajudam na eliminação de ácaros, fungos, mofo, bactérias e outros malefícios do ar para a saúde.

O purificador de ar ajuda a retirar o pó do ambiente, mas é importante que os filtros do aparelho sejam trocados periodicamente e que ele seja mantido perto de portas ou janelas.

Assim, diversas alternativas podem ser usadas pela família para garantir uma melhor qualidade e limpeza do ambiente, desde uma faxina mais detalhada até o purificador de ar. Com essas soluções garante-se mais bem-estar e saúde para os moradores.


Gostou do conteúdo? Então leia mais sobre